quarta-feira, 6 de março de 2013

HISTÓRICO DA CASA DE CULTURA DE APODI - PALÁCIO SOLEDADE"


      A Casa de Cultura Popular de Apodi é a 13ª implantada pelo Governo do Estado com o objetivo de descentralizar e democratizar o acesso à produção artística do Rio Grande do Norte. Foram investidos na adaptação do prédio R$ 301 mil, sendo R$ 245 mil na reforma física e mais R$ 56 mil em equipamentos, que inclui a climatização com ar condicionado. "Estamos oferecendo instrumentos para alavancar à arte do nosso Estado que vão refletir na geração de renda para os artesãos, os artistas de cada município que recebe a Casa de Cultura", diz a governadora Wilma de Faria.. O Palácio soledade está assim dividido: Administração – ERLANA RODRIGUES DE MORAIS, TEATRO – FRANCISCO ANTONIO DANTAS, Box – FRANCINARA M. DE CASTRO OLIVEIRA, Biblioteca – ODAIR JOSÉ CARVALHO FREIRE, Pinacoteca – MELQUIZEDEQUE MEDEIROS DE ASSIS e ACADEMIA APODIENSE DE LETRAS e MUSEU DE CULTURA POPULAR. Além de um auditório com capacidade para 216 lugares. A construção da Casa de Apodi teve início no dia 7 de março de 2005. O prefeito José Pinheiro Bezerra fez a doação do terreno de 600 metros quadrados, com a participação da CÂMARA municipal, através de seus vereadores que aprovaram a matéria. A Casa de Cultura de Apodi tem sido fundamental importância para estimular a criação e a inteligência do nosso povo, além de suscitar a realização de eventos que promovam o município de Apodi e o povo apodiense.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Acerca de mim

A minha foto
SOU TRICOLOR DE CORAÇÃO, BARAÚNAS, O MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ